5 atrizes 8 ou 80

Julia-Roberts-10

 

Todo ator tem seus altos e baixos na carreira mas estas atrizes parecem viver  de forma intensa o loop da montanha russa.Em alguns trabalhos tem ótimas atuações e outros verdadeiras tragédias.Veja abaixo a lista das cinco atrizes que movimentam muito bem esse loop em suas carreiras.

5-Jennifer Connelly

jennifer-connelly-Noah

Atuando em papéis excepcionais como Marion Silver, a sonhadora viciada em heroína de Réquiem para um Sonho(2000),obra prima do gênio Darren Aronofsky,ou a forte e determinada Alicia Nash de Uma Mente Brilhante(2001) papel que lhe rendeu Oscar de melhor atriz coadjuvante.
Das grandes atuações em sua carreira destacam-se também a perdida Kathy Nicolo de Casa de Areia e Névoa (2003) e a personagem Kathy Adamson no sensível filme Pecados Íntimos(2006).

Além das participações pequenas mas bastante significativas em  O preço da traição (1996),Pollock (2000) e Diamante de Sangue (2006).

Entre os fracassos atuações que a própria atriz deve querer esquecer como a esposa traída mas clichê impossível em Ele Não está Tão Afim de você(2009),a cientista  insossa de Huck (2003),como protagonista do péssimo Água Negra (2005) ou ainda no igualmente ruim A salvação (2009).
Já ia fechar a lista quando lembrei de outro abacaxi,o remake mal sucedido  de O Dia em que Terra Parou(2008) ao lado de Keanu Reeves já dá para imaginar a catástrofe.

Faz  anos que não vemos uma atuação digna do talento da atriz,talvez a coisa mude agora em 2014 com a estréia de Noé,onde trabalha novamente com diretor Darren Aronofsky .

4-Julianne Moore

Julianne-Moore

Começando pela lista de grandes atuações fez uma  prostituta ambiciosa em Boogie Nigthts-Prazer Sem Limites (1997),  filme que revela os bastidores dos filmes pornôs dos anos 70.
No filosófico e existencial Magnólia(1999),fez brilhantemente Linda Partridge,uma mulher que se casa por interesse e que entra em desespero quando descobre que na verdade ela ama o marido que esta prestes a morrer.Em Ensaio sobre a Cegueira (2008) sendo dirigida pelo brasileiro Fernando Meirelles conseguiu uma de suas melhores e mais fortes atuações,não esquecendo outra brilhante atuação  como a dona de casa entendida  Laura Brown de As Horas (2001) filme que retrata a vida e obra de Virginia Woolf.

Em 2010 em Minhas Mães e Meu Pai consegue em sua atuação o tom perfeito entre humor e drama que o roteiro pedia.

A lista de desastres começa com um papel  desempenhado em outro remake que não deveria existir,Psicose de 1998 e a  seqüência que também não deveria existir:Hannibal (2001).Juliane faz Clarice Starling.
No primeiro filme,O Silêncio dos Inocentes,a personagem de Clarice foi feita magistralmente pela atriz Jodie Foster,ganhadora do Oscar de melhor atriz por este filme.Jodie quando leu roteiro de Hannibal recusou o papel por ter achado o texto fraco e com violência desnecessária e apelativa.Julianne Moore aceitou e acabou com a personagem,utilizando  uma técnica cênica de caretas bem ao estilo Jim Carrey.

Outros exemplos de filmes desnecessários com atuações fraquíssimas da atriz são o clichê de filme sobre extraterrestre os Esquecidos(2003),o bem chato e previsível Identidade Paranormal(2009) e o clássico abacaxi :O mundo Perdido-Jurassic Park (1997).

3-Julia Roberts

Julia-Roberts-10

Julia Roberts sabe como é ser protagonista de um filme onde a atuação da atriz coadjuvante é melhor que a dela.
Julia teve sua cena roubada por Cameron Diaz em Casamento do Meu Melhor Amigo(1997), e em 2004  por Natalie Portman em Closet-Perto Demais.

Mas ter a cena roubada é de menos para essa atriz que coleciona péssimos papeis como uma médica em Linha Mortal (1990),o suspense fraco  Dormindo com o Inimigo(1990) e no drama clichê de Tudo por Amor (2001).
Parece que a década de 90 não foi muito boa para a carreira da atriz, com os fracassos O Jogador (1992),O poder do Amor(1995),O Dossiê Pelicano(1993) Adoro Problemas (1994),Todos Dizem Eu Te Amo(1996) um dos piores filmes dirigidos por Woody Allen e no drama parado Lado a Lado (1998).

Mas Julia tem grandes atuações em sua carreira como Anna Scott na comédia romântica e inteligente Um Lugar Chamado Notting Hill (1998),como protagonista em Eric Brokovich-Uma Mulher de Talento (2000),como revolucionaria e feminista de O Sorriso de Mona Lisa (2002) e em Onze Homens e um Segredo com a química que deu certo com ator George Clooney,seu par romântico no filme.Em seus filmes mais recentes ela tem se saído bem como em Comer,Rezar e Amar (2010) consegue atuação certa para uma comedia romântica mais madura  e em Álbum de Família(2013) ao lado de Meryl Streep,concorreu ao Oscar de Melhor Atriz.

2-Sandra Bullock

a04b6d3c-ed49-4be5-9723-1786476855ea_Sandra-Bullok

O ínicio de carreira para Sandra Bullock foi duro,ninguém  levava a atriz a sério,justamente por filmes mediocres como  O silêncio do Lago(1992),O Demolidor(1993) e A Rede(1995).

Depois veio um festival de xarope com as comédias romanticas;Enquanto Você Dormia (1995),No Amor e na Guerra(1996), Da Magia à Sedução(1998),Quando o Amor Acontece(1998) e Forças do Destino(1999) onde foi par romântico de Ben Affleck.

Ainda na lista de desastres Velocidade Máxima 2 (1997) outra sequência desnecessária e o drama  forçado em 28 Dias(1999).

Sandra foi bem e fez sucesso em Miss Simpatia (2000) mas faltava ainda um papel serio e dramático,que veio com personagem Jean Cabot de Crash – No Limite(2004).

Mas uma de suas melhores atuações dramáticas seria em Um Sonho Possível,que lhe rendeu Oscar de Melhor Atriz.

Sandra continuou no topo de sua carreira com papéis cômicos e bem interpretados como em A Proposta (2009) e As Bem Armadas (2013). E em papéis dramáticos como em Tão Perto,Tão Longe (2011).

No recente Gravidade do diretor Alfonso Cuarón,Sandra dá um show de interpretação provando que é realmente uma boa atriz.

1-Nicole Kidman

nicole_kidman-288862

Nicole Kidman tem uma carreira interessante que vai de extremo ao outro com uma facilidade incrível.

Desde início da carreira ela oscila entre filmes ruins como  Terror a Bordo(1989) e Dias de Trovão(1990) e bons filmes como Minha Vida(1993) e Um Sonho Sem Limites(1996) do diretor Gus Van Sant.

Nicole dá um show interpretando Virginia Woolf no excelente filme As Horas.E no outro extremo fez em 2005 o decepcionando remake do clássico A Feiticeira.

Ainda falando de suas grandes atuações uma das melhores e mais intensas foi no papel da doce,misteriosa e vingativa Grace de Dogville,um filme teatral,filosófico e Cult do polêmico diretor Lars von Trier.

Nos musicais Moulin Rouge-Amor em Vermelho de 2001 e Nine de 2009 canta,dança e interpreta muito bem.

Mostra sua versatilidade no ótimo suspense Os outros (2001) e faz ao lado de Tom Cruise o último filme do gênio Stanley Kubrick ,o perturbador De Olhos Bem Fechados(1998).

Com a mesma intensidade para os papéis ruins Nicole já interpretou uma bruxa em Da Magia à Sedução(1998) ao lado de Sandra Bullock sua colega de montanha-russa.

Do deprimente Reencarnação(2004) ate o frustante  Bússula de Ouro(2007) uma coleção de abacaxis,uma verdadeira feira.

Ainda na lista das grandes bombas Nicole fez ao lado de Adam Slander a comédia Esposa de Mentirinha(2011),com Nicolas Cage fez Reféns(2011) e sem esquecer o clássico  de 1995 Batman,eternamente um dos piores filmes da franquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam