Cinema 2014: Outros Dramas

3-(1)

Outros Dramas

Muitos dos dramas que poderia citar aqui já estão na lista de melhores de 2014. Então, vou listar aqui somente os dramas que ficaram de fora da lista, mas que também merecem destaque.

Era uma vez em Nova York

“Era uma vez em Nova York” é um trabalho magnifico do diretor James Gray  (Amantes, Donos da Noite), um filme elegante, a moda antiga e cheio nuances.

O longa tem um roteiro sutil e inteligente (que utiliza muito bem o poder das imagens), atuações excelentes (leia-se: Joaquim Phoenix, Jeremy Renner  e Marion Cotillard), além de uma direção de arte linda que remete aos grandes clássicos do cinema.

Fruitvale Station – A Última Parada

FRUITVALE_Station_querformat-e1395337569278

“A Última Parada” é uma história real contada de forma ao mesmo tempo realista e emocional. No seu filme de estréia o diretor Ryan Coogler, consegue contar com precisão e emoção devida a trágica história do jovem Oscar Grant vítima de erro policial grave.

obs: Um dos destaque é a excelente atuação de Michael B. Jordan (Poder sem limites, Quarteto Fantástico[2015]).

Clube de Compras Dallas

221514.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Um tema espinhoso tratado com seriedade e delicadeza. Um filme bem dirigido, como uma montagem interessante e, principalmente, espetacularmente interpretado pela sua dupla de protagonistas Matthew McConaughey e Jared Leto (ambos ganhadores do Oscar no ano).

The homesman

Tommy Lee Jones é um grande diretor, talvez um dos melhores atores/diretores da atualidade. Esse seu novo trabalho é um filme difícil sobre mulheres fortes massacradas pela sociedade e época onde vivem. Um filme que desesperançoso, duro, mas formidável.

obs: Se você não viu o outro longa do Tommy Lee Jones como diretor, veja! “Os três enterros de Melquiades Estrada” é um dos melhores filmes dos últimos anos.

Uma noite

cuba-b

“Uma noite” é filme cubano sobre a juventude dentro da ilha. Um filme pulsante, cheio de energia e correria. Um belo retrato dos jovens que moram por lá.

Calvary

“Calvary” é um drama com clima de thriller policial e cheio de humor negro. É um daqueles filmes estranhos, afinal não se prende em nenhum estilo especifico.

O longa conta a história de um padre que tenta transformar a cidade onde vive em lugar melhor, mas cada dia se vê mais desmotivado. Para piorar alguém começa ameaça-lo de morte. Então entre traficantes, assassinos e adúlteros, o padre tenta tenta plantar uma semente de fé.

Ótimas atuações e direção criativa dão tom desse filme incomum, sufocante e engraçado.

La Jaula de Oro

la-jaula-de-oro-still

“La Jaula de Oro” é um longa de drama e aventura sobre três jovens, dois da Guatemala e um  indígena mexicano,  tentando chegar aos Estados Unidos. O filme é bem ágil e emocionante devido a dinâmica entre os garotos, as questões de preconceito racial e os perigos do caminho.

Um filme emocionante, mas ao mesmo tempo realista e duro.

Glória

A139_C002_0101OM.0001872F

“Glória” é um drama otimista, mas  sem inocência ou clichês fáceis, que retrata a vida da personagem título. Um filme interessante, divertido e verdadeiro.

obs: A atuação da atriz Paulina García é espetacular.

Jersey Boys: Em Busca da Música

john-lloyd-young-em-cena-de-jersey-boys-em-busca-da-musica-de-clint-eastwood-1403733544428_956x500

“Jersey Boys” é a biografia do conjunto musical “The Four Seasons”, dirigida pelo sempre competente Clint Weastwood (Sobre meninos e lobos, A Troca). O longa é uma biografia tradicional, mas isso não é nenhum demérito, uma vez que o resultado final é bastante equilibrado e emocionante.

The kings of Summer

“The kings of Summer” é um filme pequeno, infelizmente pouco visto, sobre amadurecimento e liberdade. Um bom longa sobre juventude, uma pena que não tenha tido um lançamento maior.

The Broken Circle Breakdown

“The Broken Circle Breakdown” foi um dos indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro do ano 2014. O longa é um filme extremamente trágico, mas ao mesmo tempo bonito e sensível. Com um elenco formidável (ninguém muito conhecido, afinal o filme é da Bélgica), uma direção diferenciada (que não deixa o longa cair no melodrama) e um roteiro forte que questiona vários temas como religião, perdas, a diferença entre as pessoas e etc. Tudo isso ancorado por personagens incomuns e na cultura da musica folk.

Pais e filhos

348391-970x600-1

“Pais e filhos” é um suave drama japonês, sobre duas famílias que tem os filhos trocados na maternidade. Um filme simples e cheio de ternura. Difícil não se emocionar ou não ficar com um sorriso no rosto, nas cenas onde as crianças estão presentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam