Cinema 2014: Terror / Suspense

nacional

Terror

O espelho

u

2014 não foi um bom ano para o cinema de terror. Logo esse “O espelho” foi filme mais interessante que vi do gênero no ano passado.

O principais méritos do filme são: ter uma protagonista forte, que sabe o que está enfrentando; e emular de forma eficiente um clima de ilusão e loucura, em certos momentos.

O longa deslisa um pouco no final, que é bastante previsível. Mas, resultado é bem positivo.

The Babadook

8

“The Babadook” é um filme de terror indie, muito premiado, que conta a história de uma mãe solitária que pena para cuidar do seu filho hiperativo. As coisas pioram, quando a figura sobrenatural do titulo surge para assombrar eles.

Enfim, o longa é um eficiente estudo psicológico sobre solidão e isolamento social. Um bom filme!

Annabelle

2

Infelizmente, o cinema terror atual sofre de dois problemas.

1. “preguiça narrativa”: sustos pelo som alto, uso indiscriminado de todos clichês possíveis (imaginários) e roteiros extremamente previsíveis;

2. Falta de coragem – Nesse ponto “Annabelle” é mestre, o demônio do filme tem uma tara em empurrar pessoas.

Não, que “Annabelle” seja um filme tão ruim. Ele até tem seus bons momentos, como a cena do porão ou a da escadaria e etc. Mas, isso é muito pouco para um filme spin-off do ótimo “Evocação do Mal”.

Sem falar, na total falta de ligação emocional com os personagens, que estraga completamente o desfecho do filme.

Livrai-nos do Mal

blog-hoje-no-cinema-livrai-nos-mal-critica

Apesar da direção eficiente do ótimo Scott Derrickson (O Exorcismo de Emily Rose), o filme sofre do mesmo problema que o “Annabelle”, preguiça narrativa e falta de coragem.

Enfim, o ótimo Eric Bana passa credibilidade, o diretor sabe o que esta fazendo e o suspense quase sempre funciona. Mas, o longa não consegue fugir da sina de ser só mais um do gênero.

Suspenses

A garota exemplar

maxresdefault_11

Garota Exemplar é muito mais que um ótimo suspense (cheio de reviravoltas e momentos empolgantes), é na verdade uma perspicaz estudo sobre a mídia e a instituição do casamento. Enfim, é novo trabalho David Fincher (Clube da Luta, Seven, Rede Social), que novo prova seu talento para contar histórias: com seus enquadramentos belíssimos e sutis (e cheio de pistas), ótima direção de atores e domínio no ritmo narrativa.

É valido ressaltar a performance da atriz Rosamund Pike, que cria uma personagem complexa e cheia de camadas. Um grande filme! Obrigatório!

Ta aí na lista dos melhores de 2014: http://uvarau.com.br/25-melhores-filmes-de-20114-douglas-ribeiro/

O abutre

14351349

“O abutre” é o longa de estreia do diretor Dan Gilroy, que também assina o roteiro, o filme é um thriller muito tenso e extremamente crítico. Nele o personagem Lou Bloom (Jake Gyllenhaal, brilhante) vê uma grande oportunidade de ganhar dinheiro, e subir na vida, filmando acidentes de carros e atos de violência urbana.

Um impactante, e pessimista, retrato da mídia e da sociedade contemporânea. Afinal quantos “Lou Blom’s” não temos por aí: mesquinhos, frios, intelectualmente e emocionalmente burros, mas inteligentes em questão de alpinismo social e carreirismo barato.

obs: Este também está na lista dos melhores de 2014.

Lobo atrás da porta

filmes_7242_O-Lobo-Atras-da-Porta-2

“Logo atrás da porta” é um longa-metragem nacional de suspense multipremiado internacionalmente, dirigido pelo estreante Fernando Coimbra. O filme conta a história de um investigador que tenta descobrir a verdade por de trás do sumiço de uma criança e a medida que as pessoas vão sendo ouvidas vamos vendo pela ótica delas o que aconteceu. Usando esse tipo de narrativa (claramente referenciada a Rashomon do Kurosawa) Coimbra cria junto do seu elenco um filme inteligente, com boas reviravoltas e clima angustiante.

Uma perola de suspense, mas também um grande estudo de personagem escondido por trás de um filme de gênero. Deve-se ressaltar atuação brilhante de Leandra Leal que da um show ao criar uma personagem humana e bastante crível. Um filme excelente, angustiante e com um final arrebatador (no seu melhor ou pior sentido).

Ele está lista da Letícia de melhores do ano: http://uvarau.com.br/25-melhores-filmes-do-ano-leticia-salim/

Walk among the tombstone

movie-review-a-walk-among-the-tombstones

É mais um suspense do que um filme de ação, mas como ele thriller policial resolvi colocar ele aqui. O filme construí muito bem o suspense e tensão. De longe um dos melhores trabalho de Liam Nelson nessa fase de astro de ação.

O melhor Lance

O-Melhor-Lance_22

“O melhor Lance” é o filme novo do diretor Giuseppe Tornatore (Cinema Paradiso, Malena), tem trilha sonora do mestre Ennio Morricone (Três homens em conflito e Cinema Paradiso) e é atuado pelo sempre ótimo Geoffrey Rush (Shine, Piratas do Caribe).

Logo, não tem erro: o filme tem uma elegância a cima da média, constrói sua trama de forma muito inteligente e desenvolve de forma muito eficiente seus personagens.

Tornatore, mostra mais uma vez seu grande talento, nesse belo filme com ecos “Hitchcockianos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam